DRAMA QUEEN

Te encontro na borda do tempo
Estou perdendo a respiração
– não é brincadeira!
Já perdi o sono
Te encontro lá
(e ela?)
Ela diz:
“Eu acho que um dia, talvez,
quem sabe, eu possa ter te amado…
De uma certa forma”
Eu digo: “Me enforca”
Eu tenho medo do silêncio
Vejo-o na borda do mundo
Apenas ele
Mas, pra isso, eu preciso
sangrar
Não muito
Só o suficiente pra eu sentir
que estou perdendo um
pouco de mim
É tarde, é tarde
Devo estar atrasada
Atada
Devo estar enfaixada como
ela
Orgulhosa de seus dramas
De seu jardim de corações
Quem sabe um dia, talvez,
de certaforma, ela comece a
amar
Eu tenho os olhos dele,
purinhos, no fundo do meu
coração centrifugado
Meu bem-amado, minha fraqueza
é extrema
Meus pés queimam, mesmo
quando o resto do meu corpo
sente frio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s