Amadeo


“We’ll sleep, we’ll sleep, we’ll sleep when we die
So just lie awake with me here all night”
(Anchor & Braille)
                Enchi a chaleira com água. Desisti de tomar chá e entornei a água na pia. Voltei pro quarto e, pelo reflexo da janela aberta no meu espelho, piscavam luzes fantasmagóricas. A dor no ombro talvez não passe agora. A porta pode ser aberta a qualquer momento. Mesmo sem ter por que, sinto medo. Não é pânico, muito menos desespero. Só um medinho leve e forjado. Quase encantador. (Porque. Meu. Coração. Dói). Um pouco.
                As peças vão se embaralhando. Eu ouço um gato miar. Ou um pássaro piar. Talvez, quem sabe, eu pudesse ver peixes caindo do céu. (Fechei a cortina). Essa noite, mais uma vez, desejei ser um vampiro. Talvez pudesse convencer Armand a me transformar – logo ele, o mais difícil. O mais frívolo e o mais profundo deles. Não é sempre assim? Armand (o “homem das armas”), que foi Amadeo (“amor de Deus”), que primeiro foi Andrei (simplesmente “homem”). De certa forma, ele ilustra o arco do ser humano. Nascemos apenas nós mesmos, despidos de tudo; depois, ganhamos a capacidade de amar. E, por fim, a vida põe armas em nossas mãos. Ordena que as erguemos. (Eu estou cansada). Quem conhece sabe que os momentos mais gloriosos de Armand aconteceram quando ele era Amadeo. Mas foi como Armand que ele ficou conhecido. Não é à toa.
                 Nós não temos quinhentos anos pra viver.
              Nós temos que comer. Nós temos que olhar pela janela. Nós temos que querer beber chá, sem querer de verdade, pra depois desistir. Nós temos que fazer tudo isso em muito pouco tempo. Nós temos que pensar todos os dias na morte. (Mas essa é uma palavra muito sombria, especialmente se enfiada no meio da enumeração de atividades tão cotidianas). E nós amamos tanto a primeira pessoa do plural! Ela é tão íntima e, ao mesmo tempo, tão impessoal. Nós vamos dormir daqui a pouco.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s