A ação da gravidade

Manter para mim ou mostrar a todos? Muito tempo fiquei em dúvida quanto ao que vou escrever. E até agora não sei. Como não sei o que vale a pena na dor e no sofrimento, mesmo que simulados para confortar a alma sedenta de pranto. E ao mesmo tempo tão verdadeiros! Sinto como se fosse ficar aqui a madrugada inteira, escrevendo sem parágrafos e sem escrúpulos, interrompendo sentimentos com idéias e dividindo-os em pensamentos. Ai, que dor, que suplício. Que consternação escolhida, mas inevitável. Que vida…
Escuro. Escuto no silêncio a união de sons que não ouço – é deles que o que chamamos silêncio é feito, da reunião de todo fenômeno sonoro que pode ser alcançado, mas não nos é atingível. Complicado. Complicado é berrar e não ser ouvido. Ou melhor, é bem simples. É uma opção feita de se deixar morrer por dentro e continuar habitando corpo vivo. Fácil seria manter minhas mãos paradas e me deixar falecer. E olha que muitas vezes nos arrependemos do que escrevemos. E muitas vezes usamos a primeira pessoa no plural, quando queremos dizer apenas “eu”. “Eu” é uma palavra pesada, um fardo que se carrega, uma bagagem que nos é posta sobre as costas e nos faz caminhar lentamente, com o peito quase arrebentando do peso que o “eu” nos faz no coração. Coração pesado… O meu está mais pra inchado. Ele infla e comprime as paredes do meu tórax e minhas costelas doem. Cada vez que respiro, ele pressiona ainda mais, avisando que o “eu” apodreceu lá dentro e está começando a inflamá-lo. Coitado, ele não merece isso. Não merece carregar em suas humildes feridas – que agora tomam forma de úlceras enormes – os espinhos pesados dos diversos “eus” que não somente o seu. Mas ele sabe que não tem outra solução a não ser lutar em vão e satisfazer-se assim, fazendo do aparente fracasso sua vitória, imitando Sísifo (novamente Sísifo). “Devemos imaginar Sísifo feliz” – Albert Camus.

[Magritte – Os Amantes]

Anúncios

Um comentário em “A ação da gravidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s